LIRA MULLER.jpg

Restaurante Bazzar pela chef Lira Muller 

Natural do Piauí, Lira Müller estudou Relações Internacionais e Comércio Exterior antes de formar-se em gastronomia, em Brasília, cidade onde morou antes de “cair no mundo”. Com 31 anos, já passou por cozinhas como a do Remanso do Bosque, de Thiago Castanho, em Belém do Pará, do D.O.M, de Alex Atala, e do restaurante Petí, ambos em São Paulo. Fora do país, teve sua última experiência na equipe do Arpège do chef Alain Passard, três estrelas Michelin em Paris, cuja cozinha é baseada em preparos ao redor dos vegetais cultivados em horta própria. Suas referências são uma colcha de retalhos de vivências afetivas, principalmente as dos avós: o avô paterno é paraense; os maternos, mudaram-se cedo para Minas Gerais. Em uma casa, come-se tacacá no Natal; na outra, é hábito fabricar a própria linguiça e doces com frutas do pé, como o caju ameixa, feito em calda. Gosta de trabalhar com ingredientes nativos e elementos da Estação, unindo técnica e memória.