diogo rocha.jpg

Região Centro de Portugal pelo Chef Diogo Rocha

O Chef Diogo Rocha trabalha na área da cozinha profissional desde cedo, nasceu na Urgeiriça – Canas de Senhorim, Concelho de Nelas, nasceu no dia 31/07/1983 e estudou no Curso de Cozinha e Pastelaria de Coimbra. É licenciado em Produção Alimentar e Restauração na Escola Superior Turismo e Hotelaria do Estoril. Tem ainda o Mestrado em Sustentabilidade do Turismo na ESTH, onde fez um projeto de novos produtos da região da Serra da Estrela. Profissionalmente passou por projetos diversos como: Encontrus (catering), Hotel Urgeiriça, restaurante Terreiro do Paço, Villa Joya e Valle Flor.

Em 2008 entra para o grupo Dão Sul e assume a chefia executiva de todo o grupo com 3 espaços de restauração a seu encargo: Quinta de Cabriz, Quinta do Encontro e Paço dos Cunhas de Santar, onde em 2008 ganhou o prémio de Enoturismo do Ano pela Revista de Vinhos. Desde 2009 faz parte do corpo docente da Escola Superior de Turismo e Hotelaria de Seia lecionando aulas de gastronomia. Em julho de 2013 entra no universo do grupo de Celso de Lemos vindo a abrir o Mesa de Lemos como Chef executivo em abril do ano seguinte. A natureza e a preservação do estado natural das coisas são as premissas que garantem a alta qualidade dos produtos e comprova aquilo em que o Chef acredita. Muitos dos ingredientes utilizados no restaurante Mesa de Lemos são produzidos na propriedade e todo o conceito apela à seleção de produtos de elevada qualidade. 

O restaurante Mesa de Lemos foi “Revelação do Ano” na edição de 2015 dos prémios do Guia Boa Cama Boa Mesa (Jornal Expresso), na categoria 'Boa Mesa', e em 2016, 2017, 2018 e 2019 voltou a ser distinguido pelo mesmo guia com o Garfo de Ouro.

No ano de 2017 viu também ser-lhe atribuído pela Revista de Vinhos a distinção de melhor “Restaurante do Ano” em Portugal.

Em 2015 assumiu o papel de embaixador da marca Lugrade. No final do mesmo ano lançaram em conjunto um lote de bacalhau com uma cura superior a nove meses, proveniente da Islândia e que se encontra no mercado com o nome: "Seleção Diogo Rocha". 

Em Dezembro de 2016 lança o seu primeiro livro, “Hoje Diogo Rocha”, onde mostra o carinho pela sua região e o amor que tem aos produtos portugueses, assume ainda a coragem de editar o livro em versão em inglês nascendo assim o “Today Diogo Rocha”. Este Livro foi premiado com o primeiro “1ºPrémio Fotografia” para livros sobre gastronomia no concurso organizado pela Portugal CookBook Fair
Continua envolvido em diversos projetos da região do Dão e a nível Nacional.



Região do Centro de Portugal

Onde o mar e a montanha se encontram e enamoram-se, nascem mesas fartas, sobre as quais abundam ensopados, caldeiradas, peixes e o bacalhau. O cabrito assado ou à chanfana, cozida lentamente em vinho tinto. Ah! Não podemos esquecer os leitões da Mealhada e da Bairrada e os embutidos.

 Desta região privilegiada origina-se ainda o queijo da Serra da Estrela. Imprescindível falar dos doces, que de tão famosos, são concorridos além-mar: ovos moles, embalados nas barricas de madeira ou envolvidos em massa de hóstia, além dos pasteis de Tentúgal e de Santa Clara, com muitas gemas e açúcar nos levam através do túnel do tempo às grandes cozinhas dos conventos!